Novidades

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Fast Review: January Jones – Corrida contra a morte



Original: Todesfahrt nach Monte Carlo
Editora: Carlsen Comics / Avec
Roteiro: Martin Lodewijk
Arte: Eric Heuvel


Ela é uma mistura de Tintim e Indiana Jones num caldo repleto de clichês, mas até que tem coisa boa no meio disso tudo. A personagem holandesa é uma aviadora famosa que, nessa aventura, se vê obrigada a assumir o volante de um carro potente em uma corrida pela Europa. O álbum foi lançado em 1989 e faz justiça a todos os clássicos franco-belgas lançados... algumas décadas antes.

Pois é, January Jones é um pouco anacrônica. Tudo bem que a história se passa durante a Segunda Guerra, mas não era necessário emular a narrativa datada da época. Cansativo e pouco dinâmico, não me surpreenderei de a Avec não voltar a publicar outras aventuras da senhorita Jones.

O desenho também tem seus problemas. É bastante cartunesco, o que é um ponto positivo para uma história desse tipo, mas ao mesmo tempo mostra uma protagonista com seios exageradamente grandes e marcados na blusa. Vamos combinar uma coisa? Se a sua personagem será uma mulher forte, tente não sexualizá-la, por favor.

Ficou parecendo que eu odiei, né? Mas não é verdade. A história é bem bacana, com personagens carismáticos. Eu só esperava um pouco mais dela.



Atos Finais