Novidades

28 de abril de 2017

Girls

Pois bem, pois bem! Eae, galera, beleza? aqui quem fala é o PCB, e após um longo período de férias (e tentativas infrutíferas de entrar em blogs bilionários), estou de volta. Então vamos aproveitar pra falar de Girls, série de "humor" da HBO que, após 06 temporadas, acabou de acabar, em abril de 2017. Vamos lá: 

Hannah é uma garota de 20 e poucos anos que, como outros tantos jovens idealistas/iludidos/"de humanas", resolveu ir conquistar seus sonhos em Nova York. Esta busca pessoal é compartilhada pelas melhores amigas de Hannah: Marnie (a certinha); Jessa (a rebelde) e Shoshanna (a novata do grupo), sendo que não é nenhuma surpresa dizer que o quarteto logo descobre que a vida adulta nem sempre é tão simples ou perfeita.

Porém, Hannah e suas "amigas" não são heroínas clássicas que estão sempre evoluindo e superando as dificuldades à frente. Na verdade, são garotas confusas, que estão descobrindo que a realidade é, na verdade, um tanto medíocre, se comparada aos nossos projetos.

Assim, Girls não é uma série sobre personagens idealizados, mas sobre garotas e garotos que, como eu e você (#PostComFaixaEtaria), também estão tomando patadas da vida e revendo seus objetivos (ser escritor ou não ser? Priorizar amizades ou carreira?); tudo isso enquanto ficam reclamando desnecessariamente e criando problemas fúteis (“ain, uma postagem online me ofendeu”; "ain, minha felicidade toda está naquele namorado/a").

Com personagens tão imperfeitas, a série acaba provocando vários momentos de irritação (a Hannah é a personagem mais chata que já vi rs), não sendo ideal pra quem busca uma comédia mais leve, pra assistir durante o almoço.


No fim, Girls é sobre pessoas disfuncionais; adultos com mentalidades infantis, incapazes de encarar - como a mãe da protagonista bem diz no último episódio - que todo mundo tem fraquezas. Resta a cada um encontrar seu jeito de crescer.


Atos Finais