Novidades

28 de dezembro de 2016

Fast Reviews: Guerras Secretas #6

Secret Wars 2015 #6 (BR: Volume 6)

Editora: Marvel / Panini
Roteiro: Jonathan Hickman
Arte: Esad Ribic
Cores: Ive Svorcina

A sexta edição de Guerras Secretas começa com Valéria Richards, a líder da Fundação Futuro reportando à Destino o que aconteceu em Utopia. Ela explica que a busca pelos rebeldes fracassou, e que eles se espalharam por todo Mundo Bélico. Cisne Negro, que fazia parte da Cabala de Thanos agora se junta à Destino, para aconselhá-lo.

Na Fundação, Valeria e Alex Powers discutem o que fazer perante a situação dos rebeldes e todas as novas informações sobre o Mundo Bélico que a equipe reuniu. Algo está errado.

Em outro ponto do Mundo Bélico, Reed Richards e O Criador (Reed da Terra-1610) trabalham para descobrir a fonte do poder de Destino. Eles acabam descobrindo, com a ajuda dos Homens-Aranha (Peter e Miles) que a todo o poder do Deus Destino vem de Owen Reece, o Homem Molecular.

Enquanto Destino se reúne com seus generais e discute as recentes rebeliões que se instalaram no Mundo Bélico, Namor e Pantera Negra chegam a Ilha Oculta de Agamotto, antigo refúgio místico do Doutor Estranho. Lá eles são recebidos por um holograma de Stephen Strange, que os presenteia com dois itens de verdadeira significância. Um deles, o Portal da Coragem, que transporta o portador onde ele desejar. O outro, mais valioso, a Manopla no Infinito. Somente com essa arma os rebeldes poderão se combater Deus Destino.

Na muralha, Thanos coloca em prática o plano dos rebeldes e libera o gigante Ben Grimm, o Coisa, de sua prisão no Escudo.

Conseguirão os rebeldes se impor contra Deus Destino?



Atos Finais