Novidades

18 de novembro de 2016

Rick & Morty - Vale a Pena?


"Wubba lubba dub-dub!"

"Rick and Morty", animação da Adult Swin, retrata as aventuras do cientista louco Rick Sanchez com seu neto Morty através do multiverso mais escrachado que eu já vi. 

De início parece uma entediante tentativa de fazer graça com a famigerada ficção científica. Parodiando "De Volta pro Futuro" com a dinâmica docientista louco e o sidekick leigo, a animação nos leva por um universo (ou até, universos) de imensas possibilidades. 


A relação entre Morty e seu avô Rick é, de início, rasa e jogada para o expectador de maneira preguiçosa, mas é necessário paciência para construir uma boa história e, com o passar dos episódios, você começa a perceber os nuances de uma relação com fundo do amor e companheirismo de dois heróis totalmente errados.

A primeira temporada é totalmente descompromissada, fazendo o expectador de viajante pela infinidade de universos que os dois transitam. 
O que mais me incomodou foi a falta de uma história como linha, para os personagens seguirem e se basearem. Outra coisa que não me agradou, foram os personagens secundários, rasos e estereotipados mas que cumprem bem o papel quando necessário. 


A segunda temporada tem tudo o que eu senti falta, uma história e motivações para as atitudes de Rick em relação ao seu neto Morty. O clima escrachado continua, de forma contida e bem organizada durante os episódios e os até os personagens secundários possuem importância em certos momentos. 


Para os amantes de ficção escrachada como eu, é uma boa pedida.


E fiquem atentos, vai rolar Panquecast sobre! Ou será que não? 


Atos Finais