Novidades

terça-feira, 11 de outubro de 2016

The Affair - 2ª temporada

Pois bem, pois bem! Eae, galera, beleza? Aqui quem fala é o PCB, e hoje vamos falar sobre a segunda temporada de The Affair. Vamos lá:
ENREDO: na temporada passada conhecemos Noah Solloway, um escritor e típico pai de família que está tendo uma crise de meia-idade; e Alice Bailey, uma moça relativamente jovem de uma cidade pequena, mas que carrega um passado doloroso. Como o nome e os pôsteres da série sugerem, os dois acabam criando uma relação amorosa, que leva Noah a largar sua esposa, Helen Butler, e Alice a largar seu marido, Cole Lockhart.
Assim, nesta temporada vemos Noah e Alice tentando fortalecer sua relação, transformando o que começou como um caso em um relacionamento alicerçado. Óbvio que eles descobrem que isto não é tão fácil, já que eles carregam passados distintos e projetos futuros igualmente particulares...

...enquanto isto, acompanhamos também aqueles cônjuges que foram abandonados: Cole e Helen. Ele sente falta de uma companheira incrível, e só aos poucos que vai se abrindo pra outras pessoas. Já Helen luta em criar seus filhos, que agora já não contam com um pai constante em casa.
Em paralelo a estes momentos pós-separação, observamos também cenas de um futuro nada esperançoso: Noah está sendo acusado de ter matado o irmão de Cole, Scott Lockhart. Assim, vamos acompanhando as cenas no passado até chegarmos a este momento do julgamento de Noah, enquanto descobrimos se ele realmente é culpado por este homicídio.


EAE, VALE? A melhor coisa de The Affair é como podemos acompanhar uma história que inicialmente parece sem graça pelos olhos de diferentes personagens, e nesta temporada acertaram em mostrar não só o ponto de vista de Noah e de Alice, mas também o de Helen e Cole. O melhor de tudo é que alguns fatos, vistos por personagens distintos, passaram a ser totalmente contraditórios, deixando a nós imaginar como foi a versão real.
Além disso, conseguiram desenvolver bem a trama após a traição de Noah e Alice (ou seja: mostraram o "pós-the affair"), apresentando quais foram as consequências deste relacionamento novo que destruiu  laços anteriores, sendo que o que mais impacta é o resultado das ações de Noah na vida de seus filhos. Vale mencionar que este momento da história, mostrando as mágoas e dores dos personagens, é bem mais interessante que todo o mistério acerca do suposto crime cometido por Noah.

Falando um pouco mais dos pontos negativos, o que mais pesa é que, apesar de todas qualidades, a série possui um ritmo lento, como fica meio evidente pelo próprio roteiro genérico de romance. Assim, para aqueles que estão acostumados com séries dramáticas com momentos de ação (GoT/Walking Dead); com roteiros inovadores (Mr. Robot/The Americans); ou mesmo que no mundo comum, mas com um protagonista impressionante e carismático (House of Cards/Better Call Saul), The Affair pode parecer extremamente sem graça.


No fim, The Affair teve uma boa segunda temporada, nos moldes da primeira, com uma história simples sendo contada por pontos de vistas diferentes (e até incompatíveis). O problema é que o ritmo da série é um tanto lento, o que, em conjunto com o roteiro nada surpreendente, pode afastar a maioria do público. Porém, para aqueles que tiverem ânimo para acompanhar o seriado, The Affair apresenta uma experiência interessante, ao inovar não na qualidade da narrativa, mas em como ela é contada.



(pensando em criar a tag “posts que estavam no rascunho há meses”)

Atos Finais