Novidades

13 de julho de 2016

Marco Polo - 2ª temporada

Pois bem, pois bem! Eae, galera, beleza? Aqui quem fala é o PCB, e hoje vamos falar da segunda temporada de uma série que me diverte: Marco Polo. Vamos lá:




(primeiramente, vamos aplaudir o céu de pé e voltar a escrever post porque as aulas acabaram e agora é só relaxar e ficar vendo seriado até 3h da manhã)



PREVIOUSLY: como vimos na temporada passada, Marco Polo é o filho de um explorador veneziano que voluntariamente abandonou o filho na corte de Kublai Khan, imperador do imenso império mongol. Porém, Marco descobriu que sua nova morada não era habitada por bárbaros, mas por uma cultura e pessoas que aprendeu a amar. Com o auxílio de Marco, Kublai finalmente conquistou a China, alcançando o antigo sonho de seu avô, Gengis Khan. Porém, independente dessa conquista, Kublai ainda deve lidar com vários outros inimigos, sendo que alguns estão mais perto do que ele imagina...



...NOW:  a conquista da China levou Kublai a encher-se de orgulho. Porém, este sucesso acaba trazendo uma série de novos óbices, como os focos de resistência a serem derrubados no território chinês; e o desafio apresentado por Kaidu, primo de Kublai, que questiona o direito deste como Khan, gerando um penoso conflito entre os dois. 
Além destes problemas evidentes, Kublai é ameaçado ainda pelos planos de Ahmad, seu filho adotivo, que vai manipulando tudo e todos para tomar o trono mongol. A primeira pessoa a desconfiar de seus atos é Marco, que aos poucos vai convencendo outros aliados de tais planos, como Jingim, herdeiro de Kublai, e Byamba, bastardo do Khan.
Enquanto o conflito de Kublai com Kaidu pelo império mongol continua, levando várias pessoas a questionarem a quem serão leais (como Cem-olhos), a esposa do Khan, Chabi, e a esposa de Jingim, Kokachin, se preocupam em gerar um herdeiro para Jingim, a fim de que a dinastia de Kublai esteja sempre no trono.

Quando o conflito pelo império mongol chega ao seu ápice, e parece que todas as peças do plano de Ahmad estão no tabuleiro, Marco acaba descobrindo que há uma nova ameaça à vida de Kublai, e que vem de um lugar inesperado: do ocidente europeu...


PONTOS POSITIVOS: Marco Polo possui uma série de pontos negativos (logo falaremos deles), mas estes podem ser quase sempre ignorados em favor da diversão que a série proporciona. Este entretenimento é garantido em primeiro lugar pelos excelentes personagens, que são extremamente carismáticos, e que ofuscam o próprio protagonista (sem falar que todos lutam kung-fu!). Vale citar que Jingim foi o melhor personagem da temporada, deixando de ser um príncipe mimado pra ser um futuro Khan respeitável.
Além disso, todo o clima de série histórica/ medieval/ de época é muito bacana. Ainda mais porque a maioria dos outros seriados e filmes do gênero exploram mais o ponto de vista europeu, com cavaleiros e donzelas, sendo que Marco Polo se propõe a explorar o desconhecido e fascinante oriente (reconstruído por um ótimo trabalho de fotografia, direção, figurino e CG).  Claro que há algumas muitas inconsistências históricas (Cruzados na China kkk), mas tudo é perdoado pela diversão proporcionada.

  
PONTOS NEGATIVOS: o que mais irritou nesta temporada foram algumas tramas desinteressantes, como toda a história envolvendo Chabi e Kokachin. Os materiais prévios à temporada deram a impressão de que a imperatriz mongol teria um papel significativo, mas no final só vimos um plot que além de cansativo deu margem à uma série de furos.
Já que citamos furos de roteiro, vale citar que nessa temporada eles estavam mais visíveis do que na primeira (ex: soldados de Kublai se voltam contra Jingim mesmo sabendo que ele é o herdeiro do trono). Além disso, também tiveram algumas cenas bem forçadas (novamente: Cruzados na China kkk).

Outros pontos também mudaram negativamente em relação à primeira temporada, valendo apontar a queda de qualidade nas cenas de batalha, que em sua maioria pareceram mal-coreografadas, sem parecer ter impacto.

  
EAE, VALE? Marco Polo trouxe uma segunda temporada que não foi tão surpreendente como a primeira, deixando algumas falhas mais evidentes. Porém, independente dos erros, a série continua a divertir com sua temática singular e personagens cativantes. Com um final de temporada enigmático, resta esperar ansiosamente pelos próximos episódios.



Atos Finais