Novidades

terça-feira, 5 de julho de 2016

Fast Reviews: Shade, O Homem Mutável: O Grito Americano

Shade, O Homem Mutável: O Grito Americano / Shade, the Changing Man 01-06
Editora: Vertigo / Panini
Roteiro: Peter Milligan
Arte: Chris Bachalo e Mark Pennington

Inicialmente acompanhamos a estória de Kathy George, que após presenciar a morte de seus pais e namorado, assassinados pelo serial killer Troy Grazner, começa a ter algumas alucinações.


Durante a execução de Grazner, um evento misterioso ocorre e um ser de outra dimensão encarna em seu corpo. É Shade, um "homem" que veio a terra para acabar com a maré de insanidade que afeta tanto o seu mundo quanto o nosso, mas acaba preso no corpo do assassino.

Em meio à loucura que assola a terra e sua vida Kathy tem que confiar no homem que lhe roubou tudo e sofrer com algumas reviravoltas que a faz questionar essa parceria inusitada.

Peter Milligan, mais conhecido pelo seu trabalho em Hellblazer, esbanja toda sua criatividade, nos levando em uma viagem pelo mundo da loucura e trazendo temas sociais e políticos da cultura americana. Um verdadeiro Road Movie em quadrinhos apresentado de uma forma nunca vista antes.

Vezes simplista e vezes experimental, a arte consegue transparecer toda a visceralidade da estória e preencher os momentos de psicodelia muito bem. As cores sólidas, comuns na época, datam um pouco a arte, mas nada que prejudique a experiência do leitor.


Infelizmente a encadernação, capa cartão, e o papel de baixa qualidade, similar ao que vimos nos últimos encadernados do Monstro do Pântano, não fazem jus a este que com certeza é um marco na história do selo Vertigo e também das HQs. Mas é uma decisão editorial sensata, já que o título é focado em um público mais maduro e, devido ao tema e referências, pode não ter tanta saída nas bancas.


Atos Finais