Novidades

4 de maio de 2016

Frank Miller - Perdeu o talento ou está sendo mal aproveitado?

Estaria Chico véio sendo injustiçado?



Opa!  Faz mó tempão que não posto nada aqui, mas recentemente me deparei com um assunto bacana enquanto navegava na rede mundial de computadores. Não vi muita gente falando sobre, e fiz o post. 
Bora lá ver!

Sabemos que está rolando aí o lançamento de Batman: O Cavaleiro das Trevas III -The Master Race. Alguns meses atrás, surgiu a notícia de que estaria sendo publicado em breve mais uma continuação de Cavaleiro das Trevas, e que o velho Chico Miller estaria diretamente envolvido na produção, junto com Brian Azzarello ( Lex Luthor - Man of Steel). Até aí tudo bem, Azzarello é competente nos roteiros que faz e quem sabe o Miller não volta a escrever algo um pouco mais divertido, interessante e um pouco menos fascista... Certo?


COF, COF, PUTAQUEOPARIUQUEBOSTA COF!
ERRADO!

Dada a largada para o lançamento de Master Race, Frank não só chegou a ser creditado como co-Escritor da obra, como foi acusado de estar participando da produção da forma mais indireta possível. Sites americanos influentes com contatos envolvidos no projeto diziam que ele estava participando da produção tanto quanto estava empolgado para o lançamento da HQ (ZERO). 

Até aí tudo bem. Master Race tem uma proposta deveras interessante, e Azzarello se mostra mais uma vez competente (e não muito além disso) em escrever roteiros para quadrinhos de heróis. O choque talvez tenha sido ainda maior quando chegaram ao público alguns desenhos recentes que Frank Miller fez para a DC, e declarações afirmando que o artista teria "perdido a mão" lotaram a internet.




E é aí que entra o foco desse post (desculpe pela enrolação): Recentemente o Artista James Harvey Dent desenvolveu uma teoria que afirma que os desenhos recentes de Frank Miller na verdade NÃO SÃO RUINS,  a DC comics que estaria cagando totalmente nas cores, estragando toda a ideia da arte de Miller e que as críticas feitas sob os desenhos do nosso (não tão) querido Chico Véio na verdade estão ERRADAS e se você não notou isso, você é burro.

Em janeiro desse ano, eu tentei ser colorista para Frank Miller na DC. Não porque colorir quadrinhos na DC sempre foi o meu sonho, ou porque sou O FÃ NÚMERO UM [Papaco diz: Tadinho gente, que triste.] DE FRANK MILLER, mas porque tenho visto uns desenhos incríveis dele sendo altamente criticados. Ele é um bom artista mas as pessoas estão criticando como se esses desenhos fossem rabiscos de um LUNÁTICO. E eu senti que deveria intervir.  - Afirma Harvey.

O rapaz não só fez essa declaração, como também "FEZ MELHOR ENTÃO" e coloriu de outra forma os criticados desenhos. Confira comigo no replay:

image
image

Miller-colors-Batman

image

harvey-miller-catwoman


Frank é um artista que está sempre evoluindo, e seus novos trabalhos parecem ser algo que está entre Jim Mahfood, Sergio Aragonez e Ralph Steadman. Não faz sentido colorir os desenhos dele como se fossem de um artista da Image nos anos 90. Cheio de gradientes, sombras  e finalizações com aspecto de metais brilhantes.
Traduzi só algumas declarações de James, mas você pode conferir tudo neste link. 

 O que eu acho de tudo isso? Bom, eu achei que a colorização de Harvey deu uma vibe totalmente diferente aos desenhos do Frank. As cores totalmente chapadas, vivas e psicodélicas deixaram as artes com mais cara de Ronin que Young Blood mas ainda assim não me agradam totalmente. Eu concordo que a proposta dos desenhos parece ser totalmente outra  com cores diferentes, e que tanto a morcega abaixada quanto a Mulher gato saem da zona de "QUE MERDA" para "QUASE ACEITÁVEL", mas esse Superman de pernas abertas e cara mais enrugada que saco de velho, eu não consegui deixar passar. Frank Miller está velho, e isso é inegável. Não acho que ele tenha simplesmente "perdido o talento". Não, não é tão simples assim. A verdade é que além de certamente não ter mais as mesmas habilidades que tinha na década de 80, Miller não pareceu se importar muito com Master Race, e consequentemente não caprichou tanto nas artes. Eu adoro o estilo de narrativa gráfica 100% cinematográfica que ele traz em seus títulos mas acho que já passou um pouco da hora de parar (pelo menos de desenhar).

Além do mais, existe uma pequena diferença entre distorção de anatomia e distorção de realidade.

E já que a moda agora é refazer arte escrota, eu não poderia ficar de fora. Vejam:









E vocês? Acham que o Miller tá véio memo e não tá nem aí pra arte ou que a DC está acabando com os desenhos do velhote? Deixe seu comentário!



Um adendo inútil: Vocês tão ligados quem é Sergio Aragonés, né?





Se for pra escolher super herói zoado, eu particularmente prefiro aquele que guarda um segredo.


Laerte é foda, não tem jeito.



Atos Finais