Novidades

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Fast Reviews: One-Punch Man


One-Punch Man 01
Editora: Panini
Roteiro: One
Arte: Yusuke Murata

One-Punch Man foi lançando pela Panini no primeiro semestre desse ano, impulsionado pela fama que adquiriu internet afora.

Lançado originalmente de forma independente na web em 2012 a estória do herói por hobby Saitma alcançou o mainstream e vem sendo adaptada para o formato físico e também para vídeo.


Falando na estória, acompanhamos Saitama, um rapaz que sempre sonhou em ser um herói muito forte e derrotar seus inimigos com apenas um golpe. Ele treinou bastante, até cair todos os cabelos da cabeça (?), e se tornou este herói. Sim, simples assim.

Essa simplicidade, ao menos neste primeiro volume, é uma das coisas que mais chama atenção em One-Punch Man, que apesar disto consegue trazer momentos memoráveis, com destaque para os momentos cômicos, e prender a atenção do leitor.

A trama que gira em torno de Saitma derrotando inimigos com apenas um golpe e sem enrolação, diferente de praticamente qualquer outro mangá, e que graças a isso nosso herói careca fica entediado pela falta de emoções durante as lutas, passa em um piscar de olhos. Sempre trazendo e levando vários - vários mesmo! - personagens estranhos e alguns cativantes.


Se o roteiro é de uma simplicidade agradabilíssima o traço de Yusuke Murata é versátil e consegue expressar visualmente a pancadaria e as piadas.








Atos Finais