Novidades

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Fast Review: X-Men - A Saga da Fênix Negra

X-men - A Saga da Fênix Negra / The Dark Phoenix Saga
Editora: Marvel Comics/ Panini/ Salvat
Roteiro: Chris Claremont/ John Byrne
Arte: John Byrne


(eu não disse que iria estrear nos Fast Review falando de uma HQ laureada? Só não vou poder cumprir a promessa de falar mal...)

O tema dessa HQ, como bem diz o professor Xavier, é que o poder corrompe. Jean Grey, uma x-(wo)man, representava o melhor de nós, com sua compaixão e bondade. Porém, se tornou hospedeira da Fênix, entidade cósmica de poder infinito. Tal poder já ajudou Jean a fazer o bem, mas em sua essência é voltado para desejos malignos, que acabam dominando Jean.

A HQ se divide em três partes: a apresentação das novas mutantes Kitty Pride e Cristal; a corrupção da mente de Jean pelo Clube do Inferno; e o domínio da fênix sobre Jean, gerando a Fênix Negra.

Pontos positivos: divertida, mesmo após 36 anos; grande foco nas relações e pensamentos dos x-men (em especial o que pensam da Fênix Negra/Jean); caracterização da Fênix, como catalisador de nossos desejos carnais; repercussão da Fênix Negra no universo. Pontos negativos: professor Xavier chatão; ficar naquela vibe original de “escola de mutantes”, limitando o crescimento dos x-men.


Uma excelente história, que deve ter sido realmente marcante em sua época, por mostrar uma personagem boa se desviando tanto de seu caminho a ponto de ter que pagar com sua vida.




Atos Finais