Novidades

segunda-feira, 2 de maio de 2016

Civil War ou como limpar o chão com a concorrência




     
    Não tem como não começar dizendo, que com mais este filme, muito bem executado, a Marvel, acabou de mandar um sonoro recado para a concorrente.






    Primeiramente, vemos novamente que a Marvel, com este filme, mais uma vez limpou o chão com a concorrência, e que apesar de BvS, ter sido o fio condutor que deu origem ao Guerra Civil, os irmãos Russo, deram uma aula de como se fazer um filme de confronto de dois grandes heróis, sem ter que colocar diversos fã services, que não tivessem nenhum fundamento na historia ou relevância alguma. Muito pelo contrario, neste filme, vemos que tudo tem um sentido e um por que. Onde podemos ver que o universo Marvel está integrado, e que os eventos ocorridos nos outros filmes, da Casa das Ideias, reverberam neste filme.

Como dito, vemos que os eventos ocorridos no inicio do filme, e nos filmes anteriores, são o fio condutor, para o tratado de Sokovia, que em uma relação mais direta aos quadrinhos, seria o chamado ato de registro dos heróis.




    Mais, antes de mais nada, o que seria o tratado de Sokovia ?

    O tratado, que foi apoiado por 117 nações, diz que os vingadores, deveriam operar, sobre o comando da ONU, tendo as suas ações sancionadas e regulamentadas pela mesma.

   Mais você, deve se perguntar, por que isso seria ruim ou porque o Capitão América, seria contra?

   Como vemos no próprio filme, nas palavras do próprio Capitão.

   “E se quisermos ir a um lugar onde não fomos autorizados ou se tivermos que ir a um lugar onde não queremos ir?”

   Porem, quando o tratado está para ser assinado,  um ataque terrorista ocorre na sede nas nações unidas, ocasionando a morte do rei de Wakanda, T'Chaka, fazendo com que seu filho, o príncipe T'Challa, inicie uma caçada de vida ou morte, em busca de vingança, contra o Soldado Invernal, que foi acusado pelo ataque terrorista.

    Neste, ponto, vemos que o Capitão América, precisa tentar ajudar o seu amigo a provar a sua inocência e salva-lo de uma caçada mortal.

    É ai que vemos que por trás de todos os eventos por trás do tratado, temos um plano de vingança ocorrendo envolvendo o Zemo, que neste filme, não se trata de um grande vilão, e sim de mais um homem, querendo vingança dos vingadores, pelos eventos ocorridos em Sokovia.



    Utilizando o Soldado Invernal, como uma ferramenta para atingir os seus objetivos.  O que ocasiona a batalha, entre os dois lados, o Capitão América e grupo de um lado  e o Homem de Ferro e seu grupo de outro.

    É onde vemos os personagens em ação e agindo em equipes, o que, são umas das melhores cenas de ação dos filmes de heróis ate o momento, onde pela primeira vez, vemos o Homem Formiga, tornar-se o Gigante e a primeira aparição do novo Homem Aranha no MVU, com boas cenas de ação e boas piadas, mostrando que realmente, a melhor coisa que a Sony fez com o Homem Aranha, foi deixar com que ele voltasse a Casa das Ideias, e fizesse dele o Homem Aranha que queríamos ver nos cinemas e nos vingadores ou neste caso no time do Homem de Ferro.



    Assim, como Pantera Negra, que se mostrou um dos grandes personagens do filme, com um visual bem legal, bem diferente o que foi apresentado nas filmagens, deixando o personagem visualmente agradável. Com ótimas cenas de ação e cenas bem coesas com personagem, não se mostrando apenas mais um personagem na historia. O que alias, não ocorre neste filme, onde todos os personagens, por menos que apareçam, têm as suas tramas paralelas bem desenvolvidas e com relevância a para a trama.
Bem diferente do que vimos em um certo filme de outra editora.

    Cof... Coff... Alguém falou de BvS.

    O que podemos dizer mais sobre este filme da Marvel, além de sensacional. Um dos melhores filmes da  Marvel ate o momento, superando ate mesmo o filme anterior do Capitão América, que tinha sido muito bem executado pelos Irmãos Russo, que dão um baile na direção e não tentam ser visionários e sim coesos em seus filmes, amarrando vários elementos em sua trama.

Alguém falou a palavra visionário ?


   E é claro, não podemos esquecer-nos de mais uma vez, temos a participação do bom velhinho no filme da Marvel, não, não estou falando do Papai Noel e sim, dele, o bom velhinho. O grande Stan Lee, que como sempre aparece fazendo uma pequena ponta no filme de um modo bem humorado e divertido. Não é senhor Sterko.

   Por fim o que dizer, sobre o filme além de um ótimo filme e divertido, com uma ótima direção e com ótimas cenas de ação. Além de ser um dos melhores filmes da Marvel ate o momento.

   Então, mais uma vez.


Chupa DC !

     Há, ia esquecendo de avisar, este texto, contem spoilers.




Atos Finais