Novidades

29 de setembro de 2015

Jim Lee fala sobre All Star Batman & Robin e o reconhecimento de Bill Finger como co-criador da morcega


Sim, piranhas! Novamente estamos atrasados, mas quem liga, foda-se o dia da morcega!

Vocês devem estar se perguntando "Quem liga pro que o Jim Lee acha?".

Errados, errados vocês não estão... Mas a um tempinho a coisa mudou de figura, e depois de trair seus parças e abandonar o barco felizmente da Image, Jim Lee sobrinho de Stan Lee e primo de Bruce Lee, tornou-se o co-editor da DC Comics. Agora a opinião dele é importante, vocês querendo ou não.

Ele não só falou como estava feliz por Bill Finger ser reconhecido como co-criador do Batman - Bob Kane deve estar se revirando no tumulo nesse momento, e eu acho pouco - como também disse estar feliz com o lançamento de Batman: Europa, que foi anunciada a mais de dez anos atrás e conta com roteiro de Brian Azzarello (100 Balas) e do italiano Matteo Casali.

Batman: Europa contará com uma capa alternativa por Lee Bermejo (um Lee que desenha de verdade)


Em entrevista para o CBR, Lee também falou um pouco sobre como gostaria de terminar a HQ que fez com Frank Miller, All Star Batman & Robin:

"Frank está super animado por trabalhar com quadrinhos novamente. E esse não vai ser seu último projeto para a DC", disse Lee quando perguntado se havia planos para ele e Miller retornar e terminar a estória.
"Eu adoraria voltar [à All Star Batman & Robin] e termina-la. Ele [Frank Miller] tem um grande final para a estória, uma cena final muito legal que foi descrita para mim em uma conversa...".
Ele também falou como era apenas um jovem mancebo quando começou All Star Batman, com apenas quatro ou cinco (se ele não sabe, imagine eu) anos trabalhando com a morcega, que a ruptura e o trabalho em Batman: Europa foi bom para o desenvolvimento dele, e que ficaria muito feliz em poder trabalhar em um final para a HQ.

Assim, eu nunca li o All Star Batman, tem gente que odeia e gente que acha mais-ou-menos. O selo "All Star" da DC só produziu duas HQs, uma foi a excelentíssima All Star Superman, de Frank Quitely e Grant Morrison, e a outra foi All Star Batman.
Em outras entrevistas a continuação do trabalho de Lee e Miller chegou a ser anunciada como "Dark Knight: Boy Wonder", mas nada indicando a volta do selo All Star.

Atos Finais