Novidades

30 de junho de 2015

Papai Noel, Velho Batuta...por GRANT MORRISON!

Haters Gonna Hate


Bem, olha o careca pintando mais uma vez por aqui. O motivo? Seu novo gibizinho. O Carece se juntou ao desenhista Dan Mora para fazer uma minissérie sobre um...Papai Noel porradeiro chamada "Klaus", e com previsão de lançamento da primeira edição para Novembro. Segundo o CBR, a série vai tentar incorporar elementos contemporâneos ao personagem, além de se basear nas mitologias nórdicas sobre o personagem. Confiram um trechinho da entrevista logo abaixo.

Preview Exclusivo do CBR

CBR: Grant, o conceito de "Klaus" é tanto universal quanto atemporal por natureza - esse é um conceito em que você esteve pensando por um tempo, desenvolvendo-o aqui e ali?

Morrison: Eu já tinha essa conceito lá atrás. Eu estava fazendo "All-Star Superman", e eu fiquei tão ligado no Superman, tão ligado nesse personagem, tão envolvido com o que estávamos fazendo. Quando eu terminei a reviste, me ocorreu o quanto eu adoraria fazer isso - com um personagem que não fosse de uma empresa. [Risos] Eu pensei sobre, "Qual personagem todo mundo conhece?" "Quem é herói o favorito de toda criança?" De repente eu pensei, "Como é que ninguém nunca contou o Ano Um do Papai Noel?" Parece tão óbvio. Basicamente, este é o meu "All-Star Papai Noel." [Risos] "Papai Noel Ano Zero". É meio que uma abordagem pura do personagem como se ele fosse o maior super-herói do mundo, do qual nós nunca aprendemos a origem.


CBR: Embora existam muitas histórias contemporâneas que envolvem o Papai Noel, a interpretação básica é quase sempre a mesma, não houveram abordagens mais profundas ou reinvenções do personagem - para você, não parece que essa história já deveria ter sido feita?

Morrison: Por mais estranho que pareça, ninguém fez a história de origem. Acho que houve um filme dos anos 60 ou algo assim - não me lembro quem o fez, mas era uma espécie de origem do Noel. Eu sei que há um novo filme acontecendo, que é uma das razões para eu quisesse que a revista saísse. É um roteiro que está bombando.

Eu queria fazer isso porque a minha ideia sobre ela era fazê-la como um super-herói. Acho que ninguém nunca fez isso, e é estranho que ninguém tenha pensado nesse personagem - Como ele era na juventude? Como ele conseguiu o saco(Off-Topic - de presentes, crianças. Olha a mente poluída...)? Como ele conseguiu as renas? Como ele conseguiu o trenó? Parecia uma história tão óbvia. Eu foquei bastante nele, especialmente depois do material mais pesado que venho fazendo, como "Annihilator" e "Nameless". Eu realmente queria fazer apenas uma grande, fantasia épica para um público mais amplo, um público de todas as idades.



Quer ler o resto da entrevista? Clica aqui.

Ah, é. Vale lembrar que "Klaus" será publicado pela Boom! Studios. Cara, Papai Noel porradeiro...será épico, será foda. Enquanto a galera do bem se refestela em gibis mongos feito esse, a galera do mal só sabe repetir a mesma frase. Pra essa galera, eu tenho um recado:



Atos Finais