Novidades

11 de junho de 2015

Nar... Bor... SARADA GAIDEN Nº7

Pois bem, pois bem! Eae, chuchus, beleza? Aqui quem fala é o PCB, e hoje vamos falar do capítulo 707 de Naruto. Vamos lá:





ENQUANTO ISSO, NOS EPISÓDIOS ANTERIORES... Sasuke descobriu novas pessoas que tem o sharingan, e foi contar isso pra Naruto. Acontece que Sarada, filha de Sasuke, foi com o Hokage, a fim de conhecer o pai. Mas no meio do reencontro entre pai e filha, os novos portadores de sharingan – todos se chamam Shin Uchiha – atacaram, tentando seqüestrar Sarada, mas Sakura apareceu pra salvar a “filha”. Porém, quando os vilões foram se retirar, levaram Sakura junto, deixando-a em um ambiente rodeado de inimigos...



...E NO EPISÓDIO DE HOJE: Sasuka segue conversando com Shin Uchiha-pai, o líder dos novos detentores de sharingan, que quer reavivar a organização criminosa Akatsuki.

Sakura e Shin-pai (chamar assim porque os filhos também se chamam Shin) discutem, pois este quer retirar órgãos de um de seus filhos pra colocar em si mesmo, sendo que Sakura acha isso errado. O vilão diz que, na verdade, todos os seus capangas/filhos são clones dele mesmo, fruto de uma experiência de Orochimaru (antigo vilão da série), e que essas experiências genéticas são importantes, pois aprimoram a humanidade; são uma evolução. A própria Akatsuki serviria para, através da guerra, revelar os indivíduos mais evoluídos.


Enquanto isso, Naruto e Sasuke se preparam pra ir atrás de Sakura, resolvendo levar Sarada (e Chouchou) por segurança. Eles se dirigem pro esconderijo de Orochimaru, pois percebem que os inimigos parecem experimentos deste. Lá, eles encontram Orochimaru, que informa que  Shin era um experimento seu de clonagem, e que ele não é um Uchiha. Orochimaru promete ainda ajudá-los a ir atrás de Shin.

Além disso, no local eles encontram Jugo e Suigetsu, antigos companheiros de Sasuke. Como Sarada havia visto uma foto da antiga equipe de Sasuke (Sasuke; Jugo; Suigetsu e Karin), ela pergunta pra Suigetsu se Karin era sua mãe, devido à semelhança entre as duas.


Suigetsu, então, usa um dispositivo de reconhecimento de DNA e descobre que Sarada é filha de Karin. Naruto tenta consolar a garota quanto à sua descoberta, dizendo que eles têm que se focar em salvar Sakura. Mas a menina fica furiosa, se perguntando porque deve salvar alguém que não é sua mãe...



EAE, VALE? Bem, esse capítulo foi pior que os anteriores. Como primeiro ponto negativo, podemos citar toda a discussão sobre os poderes do inimigo, relacionado à clonagem, e se os clones são descartáveis ou não. Foi uma discussão chata sobre valor da vida humana e sucessão de genes entre pais e filhos, só pra ficar batendo de novo no ponto de paternidade.

Além disso, a descoberta de Sarada sobre Karin foi no mínimo forçada. Quem diria que o Suigetsu tinha a máquina de DNA do Ratinho bem ali, que dá o resultado instantaneamente, hein?


Um capítulo meio fraco, que segue rumo a discussão sobre “pai/mãe é quem cria”, deixando as coisas realmente divertidas de lado.




NOTA: 6/10

Atos Finais