Novidades

22 de maio de 2015

Puxando a Ficha #6 - Mônica.


A verdadeira arte de se reinventar.


Olar abiguinhos! Hoje eu trago um puxando a ficha um pouquinho diferente, mais com clima de tributo à personagem que já alfabetizou (Ou pelo menos ajudou a alfabetizar) muitos de nós aqui, com suas histórias inocentes (As vezes nem tanto), emocionantes, puras e simplesmente geniais. Sim! Hoje falaremos da maior personagem feminina de quadrinhos de todo o Brasil: A Mônica!



Plimeila apalição da baixinha.

Muitos não sabem mas a primeira aparição da nossa querida personagem de vestido vermelho cinza se deu em uma tirinha do cebolinha, publicada na Folha de São Paulo, no dia 3 de março de 1963, já iniciando aquela relação de amor e ódio dos dois, que seguiria por mais uns 52 aninhos (Pouca coisa né gente?).

Soble a Golducha.
"Batata doce e frango..." 

A personagem criada por Mauricio de Sousa  foi inspirada em sua própria filha. E pouco tempo após sua primeira aparição, ela ganhou seu próprio gibi, desenho animado e mais recentemente uma versão adolescente. Sendo até hoje, a dona da rua, rainha do Bairro do Limoeiro e líder da Turma da Mônica (NÃO ME DIGA!).


A glande alte da leinvenção (Não sejam maldosos com a segunda palavra)

Pois é meus caros, certamente não é fácil manter um personagem vivo todo esse tempo, com a mesma (Talvez até maior) aceitação do público, e desde que a dentuça, baixinha e gorducha foi rabiscada em preto e branco em alguma folha de papel pertencente a um jovem Maurício de Souza até hoje, tanto a Mônica quanto toda a turminha foram adaptadas para diferentes mídias, tiveram seu estilo refeito Algumas vezes, abordando sempre temas atuais e adaptando-se aos mais variados públicos sem perder em momento algum a sua essência. A adaptação mais recente certamente foi turma da Mônica Toy, uma animação muito boa que tem seus episódios disponíveis gratuitamente no YouTube Dá uma olhada em alguns deles:

         


Além disso, temos as outras adaptações da mônica e toda a sua turminha em diferentes estilos. Aí vão alguns exemplos e o público a quem estão direcionados.


Gibizinho e Animações (Infantil)



Graphic MSP. (Adulto)


Turma da Mônica Jovem [Mangá] (Infanto Juvenil)





É isso aí galera, dá até uma certa emoção em escrever sobre esta amada personagem que fez parte de nossas vidas MESMO ANTES DE DESCOBRIRMOS A LEITURA, que está sendo rabiscada há tanto tempo e não sai de dentro de nossos corações. Se o Sr. Maurício de Sousa tinha a intenção de ETERNIZAR algo em toda a cultura brasileira, ele atingiu seu objetivo com sucesso! 












Muito obrigado pela atenção galera, VALEU!

Atos Finais