Novidades

27 de maio de 2015

Dicas de Desenho do Lorde #0


É isso mesmo amiguinhos! Lorde fazendo post! Grandes merrrda.


Bom, como algum de vocês sabem, eu sou Ilustrador e Designer Gráfico. Atualmente tenho trabalhado apenas como Designer Gráfico, fazendo uns freelas e comissions por aí.. Além de trabalhar na minha HQ pessoal: Atos Finais.

Se vocês ainda não viram meu trabalho, visitem minha página no facebook, curtam, compartilhem, plantem uma árvore, tanto faz...

Página do Facebook
Behance

Mas não é pra fazer jabá que eu estou aqui! Também 

Estou aqui para dar algumas dicas para aqueles que curtem rabiscar alguma coisa, mas não sabem nem fazer boneco de palito, saca? Bom, vamos lá:

Começando 

Ok. Você já pegou seu papel e seu lápis e agora quer fazer um Capitão América super foda! Mas não sabe nem por onde começar... Uma dica valiosa que eu dou é a seguinte: tenha seu desenho completo em mente. Claro que você não terá todos os detalhes, mas é extremamente necessário começar já sabendo o que você quer fazer, para não se perder depois.

Outra dica valiosa pra quem está começando é a de chupinhar os desenhos dos outros! Não de maneira maldosa, dizendo que é seu, mas pegando referências! Todos precisamos de referências em algum ponto do aprendizado. Quando você chegar ao ponto de não precisar de referência, seja outro desenho ou um modelo vivo, ou quiça uma paisagem, considere-se Deus.
Só não copie o Liefield.
Grande parte do aprendizado da ilustração envolve o desenho constante. Sempre que haver um tempo extra, desenhe. Um bom artista nunca para de evoluir e de aprender. Nunca considere que você já sabe tudo, pois isso não é verdade. Seja crítico com seu próprio trabalho. Faça e refaça quantas vezes forem necessárias!

"Mas até agora você não me ajudou em nada!"

É, não mesmo. Mas estamos no caminho certo...

Durante essas semanas, darei dicas técnicas para vocês, daquelas que ajudam qualquer um! E mesmo que você já desenhe, fique de olho, talvez você encontre algo novo aqui.

  • Tenha seu desenho completo em mente;
  • Pegue referências à gosto;
  • Desenhe constantemente;
  • Seja crítico do seu próprio trabalho.


Até a próxima!

Atos Finais