Novidades

10 de abril de 2015

Demolidor 1x01 - No Círculo

O Atrevido chegou!



Bom, meus xuxus, acabei de ver o Piloto da série do Atrevido, e vim compartilhar minhas opiniões com vocês.

Bem, é seguro dizer que essa era a série mais esperada pelos nerdys esse ano. O Netflix já possui uma certa "badge" de produtora de conteúdo de qualidade, junto com um dos melhores personagens da Marvel (graças ao Chico. Melhoras). Mas enfim...será que essa série é boa mesmo? Fez jus ao Hype?

Bem, vamos por partes. Em termos de impressões, o piloto me pareceu mais como um "Episódio 0", do que um primeiro. Tudo é muito introdutório. Personagens, vilões, etc. Nada é muito aprofundado, apenas apresentado. Já começa com o pai do Demolidor, Jack 'Batalhador' Murdock chegando em casa, e descobrindo que seu filho foi vítima de um acidente. Um acidente que o marcaria pelo resto da vida, que o deixaria cego. Ainda assim, o menino conseguiu salvar a vida de um idoso. Então o tempo passa...


E uma das cenas mais dramáticas da série é estragada por uma frase de efeito besta, clichê, com Matt, já adulto, se confessando. Assistam e me digam se isso também incomodou vocês. E logo temos a primeira cena de ação da série, com o Demolidor salvando meninas que seriam postas em contêiners.(Tráfico Sexual). Essa cena de luta me incomodou um pouco, exatamente por ser muito escura em algumas partes, impedindo a visualização clara da cena de luta. Mas seguindo...

A Grande trama do piloto envolve uma conspiração que, no final, se mostra bem maior do que parece. Essa conspiração envolve uma das personagens mais conhecidas dos fãs do Demolidor, Karen Page. Primeiro, ela é acusada de matar um colega de trabalho. É encontrada ao lado do corpo dele, morto, ensanguentado, e com a arma do crime nas mãos. Quem péga o caso? A recém criada firma "Nelson & Murdock". Como eles ficaram sabendo do caso? Digamos que o Foggy da série é meio safado, e deu presentinhos(Cê qué um charuto meu filho? É havano!!) para a mãe de um dos policiais. Com o decorrer do episódio, descobrimos que Karen acabou descobrindo o que não devia na sua firma, e acaba sendo vítima de uma armação. Depois de ser presa, e ser apresentada a última firma de direito do pedaço, ela sofre uma tentativa de assassinato na cadeia, e com a ajuda dos dois advogados acaba sendo liberada e é acolhida por eles. A partir disso, descobrimos que os Traficantes de mulheres, comandados pelos Russos(deve ser algo assim, se não for....desculpem) estão relacionados com o Chefe da Karen Page, e relacionados a Madame Lao, dando ares de grande conspiração criminosa.

Murdock & Karen Page

E essa foi uma jogada interessante. Ainda acontecem algumas coisas nesse piloto, mas resolvi não falar mais, e não spoilar, mas digo que há uma baita cena de luta SNYDERIANA(câmera lenta, na chuva...) com o Demolidor, ainda no Uniforme Preto. O Fim do episódio assume novo ritmo, meio que ditando que a partir dali, as coisas vão andar, vão acontecer pra valer. Me deixou curioso...

Enfim, de maneira resumida, esse foi um bom piloto. Com boas cenas de ação. Embora, como eu já disse lá em cima, as cenas escuras demais me incomodaram, por impedir a visualização clara do que estava acontecendo. Foggy & Murdock possuem uma boa química, espero ver episódios mais centrados no tribunal, nos dois defendendo casos. A Karen Page apresentada nesse piloto, até por todas as desgraças que lhe acontecem, é mostrada como uma mulher "quebrável", de "vidro", prestes a ser despedaçada. Temos a apresentação dos Russos du mal, Madame Lao, e de um intermediário do Rei do Crime,  QUE NÃO APARECE NESSE PILOTO.

Dá pra dizer que foi um bom piloto, embora NÃO tenha sido nada espetacular ou demais(Não que tenha que ser). Foi Competente.


Bom, por enquanto é só, assistam a série, leiam o texto e digam o que acharam aí nos comentários. Semana que vem, espero soltar um texto sobre o Segundo Episódio. COM SPOILERS. Ah, é, a abertura é LINDA demais.


SPOILERS DOS DEMAIS EPISÓDIOS SERÃO APAGADOS. QUEM INSISTIR, SERÁ BLOQUEADO.

Atos Finais