Novidades

22 de abril de 2015

Batman VS Robin. (Resenha crítica sem spoilers)

MAS É UMA BAILARINA MESMO

"Justiça. NÃO Vingança!" 
Pois é meus coleguinhas, hoje vamos falar sobre a mais nova animação da senhorita DC! SIM! ELA MESMA: Batman v VS Robin. VAMO NESSA SEUS BIXA!

                                 

A animação baseada em "Corte das Corujas" se passa após aquela merda chamada "O Filho do Bátema", mostra muito bem a relação já conhecida dos quadrinhos entre o morcegão e seu filho projeto de psicopata: O Damian!  Sim, aquele (Outro) viadinho. Logo no início do longa, nos deparamos com talvez o robin MAIS DESOBEDIENTE de todos, TODOS! Saindo escondido nas noites mais sombrias da cidade de Gotham  para combater  trombadinhas e paspalhões batedores de bolsas de velhinhas mas mesmo movido pelo instinto de assassino colocado em sua mente por seu gentil vovô: Ra's Al Ghul, aquele velhinho batuta e gente boa que já conhecemos das histórias do morcegão, Damian tenta seguir os ensinamentos de seu papai que sempre lhe instruiu a não matar os criminosos, apenas dar meia hora de porrada prende-los. Toda a situação muda com o aparecimento do garra (Vilão também já conhecido de "A Corte das Corujas") Que tentará convencer o garoto a se juntar à corte e executar os malfeitores, assim como ele faz.


"AAAAAAH MULEQUE LAZARENTO!"
Logo de início é muito importante frisar que isso sim é o que todos os fans queriam ver quando se trata de uma adaptação de histórias com o Damian, já que o longa amadurece e aprofunda o personagem de forma impressionante, diferente de "O Filho do Batman", onde vemos um Robin sem alma, ânimo ou identidade própria, o que é uma ofensa aos quadrinhos em que o garoto aparece. Além disso temos um roteiro mais maduro e coerente do que foi antes apresentado por algumas animações da DC, mesmo deixando a desejar em relação ao ritmo: Que é mal estabelecido durante a trama... Hora temos sequencias de acontecimentos extremamente dinâmicas e em outro momento cenas desnecessáriamente longas, tornando-o menos interessante, assim como seu plot medíocre (Não acredito que usei essa palavra) mas não estraga todo o resto, já que os personagens se mostram todos muito bem retratados e construídos, o que faz do filme uma adaptação ótima. A dublagem, tanto original quanto a brasileira estão excelentes mas não surpreendem em momento algum e mesmo com seus defeitos, o filme é muito melhor que qualquer longa animado da senhorita Marvel. #CHUPAMARVEL. O estilo da animação que está impecável, é o mesmo de "Assault on Arkham" ou "Liga da Justiça - Trono de Atlantis", com destaque para as cenas de luta entre: Robin VS Asa Noturna (Pois é, ele aparece!) e Robin VS Morcegão.


 8,2/10 Panquecas

Não esqueça de seguir o @hdleitores no Twitter, lá você troca uma ideia com a gente e recebe na bunda quando sai poste e panquecast novos. 

OLHA A TRETA VIOLENTA!

Atos Finais