Novidades

10 de dezembro de 2014

Sons of Anarchy - resumo e retrospectiva

Pois bem, pois bem! Eae galera, beleza? Aqui quem fala é o Pequeno Cícero Badernista, e hoje vamos falar um pouquinho da história de uma série que está acabando: Sons of Anarchy.




Mas do que se trata? Bem, a série acompanha um clube de motoqueiros da cidade fictícia de Charming, chamado Sons of Anarchy (SoA) que, quando não estão bebendo e pegando mulheres, estão vendendo armas e praticando outras atividades ilegais. Nesse processo, é claro que o grupo tem que se relacionar com outras gangues criminosas, relações que nem sempre são pacíficas. Assim, é uma série com doses de ação, drama, intrigas, putaria, comédia e outras coisas que fazem da série algo que vale dar uma conferida.



O protagonista da série é Jax Teller, um jovem motoqueiro que apesar de certas vezes agir de maneira impulsiva, também é inteligente, o que o ajuda a sobreviver em sua vida arriscada. Jax é filho do falecido John Teller, fundador do SoA, que morreu misteriosamente, e de Gemma, uma mulher imponente, figura matriarca do clube. Certo dia, Jax encontra o diário de seu pai, no qual este falava que planejava tira o clube da ilegalidade. Desde então, Jax busca alcançar este objetivo.

                                  Jax Teller (Charlie Hunnam)

Contudo, Jax encontra problemas nesse projeto, encontrando resistência por parte de líderes do SoA, de parceiros de negócios, por situações inesperadas... acaba que no final, o jovem vai se envolvendo mais e mais nessa vida criminosa, se distanciando do caminho que planejava trilhar.

E o que está rolando na sétima e última temporada?
(Spoilers)
Bem, num daqueles momentos que Jax estava pronto pra sair do grupo, a esposa dele, Tara, é assassinada pela a mãe de Jax, Gemma; tudo pq Tara queria ir embora com Jax e os filhos pra longe de Charming e do Sons. Gemma então conta pra Jax que Tara na verdade foi morta pela a gangue de outra cidade. Assim, Jax começa uma guerra contra esta gangue, e outras que se colocam no caminho, tudo por causa de sua busca por vingança. Nesse processo, Jax mata o presidente de uma das filiais do SoA, pensando que este estava envolvido com a morte de Tara. Com o tempo, ele descobre que Gemma foi a real assassina, e mata ela (como a própria Gemma diz, “é quem nós somos, filho, você tem que fazer isso (me matar)”).

Gemma (Katey Sagal)

                                        Tara (Maggie Siff)

Agora, na véspera do último episódio da série, espera-se que Jax morra nas mãos dos presidentes das outras filiais (uma espécie de conselho), pois o próprio jovem admitiu ter matado um presidente de uma filial do SoA de forma injusta.

Vale ou não?
Apesar da série ter passado pelo o problema de ter ser alongado além do necessário (sete temporadas de 13 episódios), é muito divertida, indo de momentos de ação ao som de rock a situações que arrancaram choro de todos (como marmanjos já velhos devem ter chorado com essa série...). A trama principal é muito envolvente, sem falar que a série é recheada de personagens muito interessantes e complexos. Vale citar que apesar da ação, o foco da série mesmo é nas relações políticas e no drama vivenciado pelos os membros do SoA, que prendem por temporadas à fio.




Portanto, carregue sua arma, vista sua jaqueta, suba em sua mot... não, não, perdão: ligue seu PC ou TV, abra seu Netflix e curta umas boas horas vendo as histórias dos personagens de Sons of Anarchy.

Atos Finais