Novidades

5 de novembro de 2014

" The Evil Within ": XOW de Referências.. menos qualidade..

Para melhorar o dia, comprei o jogo THE EVIL WITHIN  .. Sim, eu realmente comprei... azar meu...


~


Hoje, tirei um tempo para jogar o meu novo jogo THE EVIL WITHIN ou [ Psychobreak / サイコブレイク, Saikobureiku ], desenvolvido pela 'Tango Gameworks' e publicado pela 'Bethesda Softworks' dirigido por Shinji Mikami, criador da série RESIDENTE EVIL e considerado o pai do survival-horror. Lançado para PS 4, PS 3, Xbox ONE, Xbox 360 e PC (que tem vários problemas nessa versão). 

Que jogo horrível..


[ Sim, eu realmente comprei... azar meu... ]

Gênero:


- Shooter
- Survivor Horror
- Terror

Enredo... Longo, chato e sem nexo, mas vamos lá:


Logo no começo do jogo nos deparamos com o personagem principal Sebastian Castellanos, chupado CONSTANTINE, que trabalha junto com  Juli Kidman e Joseph Oda no departamento de investigação criminal da  polícia de  Krimson City. Tal trio recebe uma chamada de um membro do hospital psiquiátrico Beacon reportando um crime de assassinato em massa. Ao chegarem no hospital, vemos a cena, que deveria chocar mais, de vários NPCs mortos pelo salão, sangue mal feito por todo o lugar e cadeiras de rodas, referência a SILENT HILL, mas quando o Constantine, não, não perdão, SE-BAS-TIAN e chamado para ver uma câmera de monitoramento ao vivo, ele se depara com esta musa Over Power que é o Chefe do Jogo..


[ Fofão dava mais medo uhauhaah ]

Logo em seguida, temos algumas cenas de ação, o Sebastian acorda em açougue, referência ao filme THE BUTCHER, corre de um louco com serra elétrica, REFERÊNCIA OBÓVIA e depois disso começa a loucura das DORGAS, Roteiro difícil de mais para entender e chega a ser muito cansativo..
Saímos do hospício para vermos uma cidade com um CG M#rda com delay de Render sendo destruída e entramos num comboio da polícia, que parece muito com a de RECCON CITY [ Resident Evil ], e nessa loucura conhecemos, essa menina, não, não, perdão, MENINO LESLIE...





[ É B#cha é? ]

Que tem uma ligação com a Musa Over Power sem nome, após a batida, você vai sem motivo algum para uma floresta a procura dessa peste de garoto..


Toda essa fumação de pedra para indicar que tudo isso é coisa da sua mente e indicar que você esta lidando com um jogo que beira a insanidade, se deslocando entre o real e o imaginário...  é uma piada mesmo.. Silent Hill 1 e 2 fez bem melhor e que não possui personagens e vilões tão merdas... 


Game Play:


O jogo gira em 3º pessoa, com balanço entre SHOOTER e STEALTH, estilo RESIDENT EVIL 4.

Jogando percebe vários contras, mais do que a favor:

CONTRAS:


1) Ao ficar em STEALTH atras ou ao lado de uma caixa/parede a câmera cobre a visão toda, já que a visão do jogo é em câmera reduzida.
2) O Sebastian PARA, sim ele PARADA para recuperar LIFE! Se você estiver correndo, ele simplesmente PARA e mais, o monstro que estiver te perseguindo TAMBÉM PARA! @#$%¨! ERRO DE PROGRAMAÇÃO DA P#RRA!!
3) Numa pequena poça de água, que mesmo que chegue no joelho, ele anda mais devagar, ao invés de aumentar o paço, GTA V não tem esse problema.
4) Se você mirar na cabeça do monstro e atirar, a bala pode atravessar sem tirar dano, ou se você atirar de longe em monstro, A BALA NÃO PEGA!!
5) A situações que o MONSTRO ou VOCÊ FICAM PRESOS NO CHÃO!

[ WTF? ]

6) A horas que a I.A do monstro desliga e ele fica parado, sem fazer nada e mesmo que você atire, ele não morre.
7) DELAY DE RENDER! Você pode ir andando pelos lugares que a o Render demora muito para carregar e trava certas partes por o ambiente ou certos monstros ainda não terem ficado com o render completo.

PRÓS:

1) Mesmo com delay de Render, os cenários são muitos bons, fazem jús ao título Horror.
2) Monstros ao decorrer do jogo se tornam mais difíceis e mais grotescos, lembrando muito SILENT HILL.
3) Jogo sem trilha sonoro para atenuar a Tensão no Game play.
4) Roteiro apesar de bem complicado, é cheio de plotes e sub-plotes.
5) Distribuição de habilidades bem dividida.
6) Drama pesado com clima de Love Craft.
7) Referências a vários jogos, filmes e HQs.
8) Movimentação Real.
9) Imersão no ambiente.
10) Diversificação das armas.

Algumas referencias para fechar o post..



Sebastian faz referencias a...

HellBlazer

Alone in the Dark 2


Algumas partes do jogo..


Silent Hill 1-2

E por assim vai, o jogo me decepcionou muito, poderia ter sido bem melhor.. O jogo tão esperado por alguns, deixou a desejar bastante, minha nota:


5 / 10 PANQUECAS

Não gostou, faz melhor..




Atos Finais