Novidades

Filmes

Games

HQ's

Séries

Posts+Recentes

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Colossus e Negasonic Teenage estarão de volta para ‘Deadpool 2’




Olá, olá, olá, aqui é o Aszarael, com uma noticia fresquinha, ou talvez não tão fresquinha, pois deste o seu ultimo filme, quando o mercenário bocudo, fez piada de seu próprio filmes, dizendo que parecia que o estúdio não teve dinheiro para contratar os outros X-Men.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Fast Reviews: Guerras Secretas #9

Secret Wars 2015 #9 (BR: Volume 9)

Editora: Marvel / Panini
Roteiro: Jonathan Hickman
Arte: Esad Ribic
Cores: Ive Svorcina

A batalha até então travada pelos exércitos de Destino e dos rebeldes, chega ao seu ápice quando T'Challa, portando a manopla do infinito, desafia o deus para o combate final. A luta vai além de qualquer combate já travado no universo. Os dois deuses se enfrentam em terra, nos céus e no firmamento.

Reed Richards e sua contraparte Ultimate, O Criador, se encontram finalmente com Susan e Valeria Richards, que desconfiavam da farsa do Mundo Bélico. Os Senhores Fantásticos acham a fonte de poder de Destino, Owen Reece o Homem Molecular, e planejam convencê-lo a traí-lo.

O Criador, revelando sua natureza, prende Reed Richards em uma bolha temporal na esperança de conseguir roubar os poderes do Homem Molecular. Ele não esperava que Owen Reece fizesse sua jogada, cortando o Criador em pedaços e o consumindo.

T'Challa reduz severamente as forças de Destino e este, irado, percebe que a peleja é apenas um meio de mantê-lo ocupado. Ao chegar na fonte de seu poder, Destino vê Reed Richards conversando com o Homem Molecular e decide matá-lo, mas é impedido por Reece, que os vê como iguais, dois que não lhe deram comida...

A batalha entre Destino e Reed é física e psicológica. Em uma página magistralmente desenhada por Esad Ribic, o herói diz ao vilão que nunca achou que ele fosse superior a Destino, e sim, que Destino poderia ser algo melhor do que é. Victor não acredita em Reed, e volta a acusar o Senhor Fantástico de ter inveja por tudo que ele construiu no Mundo Bélico. A luta termina quando os dois concordam que o Senhor Fantástico teria feito um trabalho melhor ao salvar o Multiverso. Ao ouvir isso, o Homem Molecular decide que o universo deveria ter Reed Richards como seu criador e o reinicia.

O Pantera, portando a joia da realidade, deseja que sua amada Wakanda, antes levada à ruína nos eventos Pré-Guerras Secretas, seja reconstruída. T'Challa acorda em uma Wakanda reconstruída das cinzas, e que conta com tecnologia espacial de ponta, para ajudar a raça humana à se erguer ao espaço novamente.

Oito meses após o renascimento do universo, vemos que a Terra 1.610 e a Terra 616 se juntaram em uma só, a Terra Primordial. Sob o comando de Reed Richards, o poder que antes era de Destino, é usado para moldar o universo e as diferentes realidades que antes haviam sido destruídas. A família Richards e a Fundação Futuro decidem encerrar as atividades como heróis e se tornam algo além. Moldadores do universo.

Victor Von Doom, em sua terra natal na Latvéria, se vê curado de suas deformidades e ri perante as escolhas de seu arqui inimigo.

O fim das Guerras Secretas marcou um novo começo para muitos personagens, novos e velhos, do Universo Marvel. Apesar de ser corrida, a saga flui bem e nos entrega um final com batalhas épicas e novos caminhos para as revistas que estão por vir. 





Fast Review: Guerras Secretas #8

Secret Wars 2015 #8 (BR: Volume 8)

Editora: Marvel / Panini
Roteiro: Jonathan Hickman
Arte: Esad Ribic
Cores: Ive Svorcina

Reed Richards e o Criador finalmente chegam à batalha aos portões de Destinogard. Com a ajuda de Peter Quill, o Senhor das Estrelas, os dois Richards sobrevoam o campo de batalha quando são atingidos por um Hulk.

Enquanto isso, Maestro planeja destruir tudo e tomar o trono de Destino para si. Porém seus planos são frustrados pelo gigante Ben Grimm, o Coisa! Que massacra seu porta aviões junto com metade do exército gama. Para se opor ao gigante, Franklin Richards, que acredita ser filho de Destino, usa Galactus como protetor do castelo. Incapaz de lutar contra o filho de seu melhor amigo, Ben Grimm se rende e é morto pelo Devorador de Mundos.

Em Destinogard, o Senhor das Estrelas vigia a avariada nave em que chegou com os Richards, enquanto eles vão atrás da fonte do poder de Destino. Ao ser atacado pela Cisne Negro, Peter Quill tira do bolso uma lasca sobrevivente de Groot e a injeta na Yggdrasil, que servia de trono á Destino. Groot se ergue da Árvore dos Mundos enquanto Franklin Richards e Galactus se preparam para a luta (que nunca será mostrada).

Thanos, liderando o exército do Aniquilador chama Deus Destino para o combate mano à mano, mas é obliterado em segundos por Victor. Destino, considerando a guerra vencida, ordena que a horda da aniquilação devore os rebeldes. O que ele não esperava era o exército de mortos vivos comandados pro T'Challa e Namor.




quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Fast Reviews: Guerras Secretas #7

Secret Wars 2015 #7 (BR: Volume 7)

Editora: Marvel / Panini
Roteiro: Jonathan Hickman
Arte: Esad Ribic
Cores: Ive Svorcina

A guerra chega às portas de Destinogard, a fortaleza de Deus. Os rebeldes, comandados primeiramente pelo inumano Máximus, combatem o exército do Barão Sinistro. Enquanto as tropas da Rainha dos Duendes e de Apocalipse chegam para acabar com a rebelião, Sinistro muda de lado e vira o jogo a favor dos rebeldes com seus clones.

Destino então, clama pela justiça dos Thors. Porém, Jane Foster, a Thor, causa uma rebelião dentro dos agentes da justiça de Destino e chega para ajudar a tropa rebelde contra os exércitos de Apocalipse. O que os combatentes não esperavam era a chegada de Maestro e seus Quebra Mundos. Um reforço que pode acabar com a investida rebelde...

Nesse interim, Namor e Pantera Negra chegam ao Escudo para conclamar mais um reforço para acabar com o exército de Destino. Através do Portal da Coragem, T'challa comanda os Mortos-Vivos que se mantinham afastados pelo Escudo de Destino. O Pantera promete Glória e Honra a aqueles que lutarem ao seu lado e assim, garante um reforço vital para a armada Rebelde.




Fast Reviews: Guerras Secretas #6

Secret Wars 2015 #6 (BR: Volume 6)

Editora: Marvel / Panini
Roteiro: Jonathan Hickman
Arte: Esad Ribic
Cores: Ive Svorcina

A sexta edição de Guerras Secretas começa com Valéria Richards, a líder da Fundação Futuro reportando à Destino o que aconteceu em Utopia. Ela explica que a busca pelos rebeldes fracassou, e que eles se espalharam por todo Mundo Bélico. Cisne Negro, que fazia parte da Cabala de Thanos agora se junta à Destino, para aconselhá-lo.

Na Fundação, Valeria e Alex Powers discutem o que fazer perante a situação dos rebeldes e todas as novas informações sobre o Mundo Bélico que a equipe reuniu. Algo está errado.

Em outro ponto do Mundo Bélico, Reed Richards e O Criador (Reed da Terra-1610) trabalham para descobrir a fonte do poder de Destino. Eles acabam descobrindo, com a ajuda dos Homens-Aranha (Peter e Miles) que a todo o poder do Deus Destino vem de Owen Reece, o Homem Molecular.

Enquanto Destino se reúne com seus generais e discute as recentes rebeliões que se instalaram no Mundo Bélico, Namor e Pantera Negra chegam a Ilha Oculta de Agamotto, antigo refúgio místico do Doutor Estranho. Lá eles são recebidos por um holograma de Stephen Strange, que os presenteia com dois itens de verdadeira significância. Um deles, o Portal da Coragem, que transporta o portador onde ele desejar. O outro, mais valioso, a Manopla no Infinito. Somente com essa arma os rebeldes poderão se combater Deus Destino.

Na muralha, Thanos coloca em prática o plano dos rebeldes e libera o gigante Ben Grimm, o Coisa, de sua prisão no Escudo.

Conseguirão os rebeldes se impor contra Deus Destino?



Opinião: Esse tal de Social Comics



Há uma semana, baixei o app do Social Comics e fiz meu cadastro. Grosseiramente falando, é o Netflix dos quadrinhos, ou seja, por uma assinatura mensal o leitor tem acesso a um amplo catálogo de HQs para todos os gostos e tipos. Me lembro que logo quando o serviço foi anunciado, não me empolguei, mas ao ver algumas adições recentes, mudei de opinião. Talvez seja o toque de midas do Omelete, que comprou uma participação. Talvez seja uma tendência desse mercado, que se equilibra numa corda banda de baixas vendas com os ventos da pirataria soprando de todos os lados.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Precisamos falar sobre John Wick





Olá, Olá, olá, aqui é o Aszarael, com uma novidade.
 
Não sei se vocês se lembram daquele filme do Keanu Reeves, cheio de tiro, porrada e bomba, onde o Keanu Reeves, por incrível que pareça é o maior badass do filme, matando geral, sem do nem piedade, sim, estamos falando dele John Wick.

As aventuras de Spirou e Fantásio



Tava há um tempo atrás de bons títulos europeus, desses que mesclam humor e aventura, mas não queria apelar para as celebridades Tintin e Asterix. Depois de ouvir falar sobre Spirou e Fantásio no Confins do Universo, me deparei com algumas edições em uma livraria. Então pensei: por que comprá-lo, por que não comprá-lo, por que comprá-lo, por que não comprá-lo? Comprei-o-o e devorei uma das edições em uma sentada só. Foi amor à primeira história.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Essa Valiant vale mesmo?



Você ama quadrinhos de super-heróis mas está cansado do eixo Marvel-DC? Você curte universos compartilhados e não quer ver apenas participações especiais de personagens nos títulos de outros? Você gosta de histórias competentes, redondinhas, com boa arte e bom roteiro? Então seus problemas acabaram. Se você ainda não conhece a Valiant, segura na minha mão e vem comigo.

TOP SERIES DE 2016

Pois bem, pois bem! Eae, galera, beleza? Aqui quem fala é o des-falecido PCB, e para finalizar nossas listas de melhores do ano, vamos falar sobre os melhores seriados de 2016, na opinião de alguns dos nossos redatores. Vamos lá:

Vídeos

Atos Finais